Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Towards Home

A casa-família que se vai construindo.

Towards Home

A casa-família que se vai construindo.

Hoje acordei muito mal disposta.

10
Fev09

 E já de há uns dias para cá que me tenho sentido assim - cansada, mal-disposta fisicamente e sempre na casa-de-banho.

Stressada como eu sou, começo logo a pensar: são sintomas de gravidez.. Podia ser. Depois penso: não! Não pode! Tu é que és louca e já estás é a ver sintomas onde eles não existem. Vale mais ter calma.

Qual calma, qual quê!!!!

Uma semana depois do período fértil, toca a convencer o maridinho a ir à farmácia num sábado de manhã para comprar um teste. O desgraçado lá vai, um bocado contrariado, porque é cedo demais e porque o resultado deve dar errado e porque e porque....

Mas ele conhece-me e sabe que ia sofrer bem mais se não se levantasse e não fosse comprar o dito cujo teste.

Resultado: negativo; desilusão da minha parte.

Pronto, fica para o mês que vem. Também, querias logo à primeira, não?

 

O tempo passa e eu com os ditos cujos sintomas (físicos ou psicológicos?). Sempre com a pulga atrás da orelha.

 

Ontem, em ciclos de 26 dias, que têm sido os normais em mim, era dia de vir o período. Não veio. Mas também não seria impossível vir aos 28 dias. No meio da desconfiança, decidi não stressar e deixar passar o tempo. Mas achei que era possível estar grávida.

 

Hoje, acordei muito mal disposta e com uma certeza imensa de que estou diferente e de que há alguém dentro de mim. Não consigo bem explicar. É uma sensação estranha que eu tive já das outras duas vezes...

Fui para a esola e, no final do dia, comprei um teste, mas com intenção de o fazer só no fim-de-semana em minha casa.

Mas certeza, eu já tinha - não havia negativo que me convencesse do contrário.

Contei ao meu marido das minhas "certezas".

Não aguentei mais e fiz há pouco o teste.

Resultado: Positivo!

 

Pois é, estou grávida outra vez. Desta vez, não pulei, não saltei, nem chorei.

Estou à espera do melhor e a tentar preparar-me para o pior.

Há-de ser tudo pelo melhor...

Vocês são as primeiras a saber, logo a seguir ao pai, claro.

 

Fim-de-Semana

09
Fev09

Ontem fui a Viseu. Gosto sempre de lá ir, apesar de ser sempre um fim-de-semana mais cansativo, porque vou de Lisboa para Coimbra e depois para Viseu e, claro, o caminho inverso.

É o único sítio do mundo em que eu posso achar que tenho raízes, apesar de ténues. É a cidade mais linda do mundo!

 

O meu people estava todo em ordem. Sempre na mesma.

Tristes, só a minha cunhada e o meu irmão. Já andam há mais de um ano em tratamentos para engravidar e nada. É mesmo uma seca!

Mas ninguém disse que a vida era justa, certo?

Deixem lá, vai ser desta! Tenho quase a certeza!

 

E eu?!!!!

Mistério....

Esta semana já vou saber a resposta.

Desilusão

04
Fev09

Tinha prometido a mim mesma que este blog não seria de lamúrias, muito menos da profissão, não é este o objectivo. Mas o dia-a-dia cansa. Ando farta. Farta de só tratar de papeladas, farta da falta de respeito, farta de trabalhar todos os dias até às tantas da manhã e de ainda levar muitas vezes trabalho de fim-de-semana e de, mesmo assim, andar sempre com o trabalho atrasado.

Quando terminei o curso, fui iludida. Achei que o meu futuro era ensinar: preparar aulas interessantes, visitas de estudo animadas e entrar em projectos que ajudassem os nossos adolescentes a seguirem os seus caminhos e os seus sonhos. Ninguém me disse que a maior parte do meu tempo seria a fazer actas, relatórios, procedimentos disciplinares, participações de infracção, informações para directores, reuniões em que não se faz nada de jeito até às 9 da noite...

Isto nem sequer falando do facto de este ser o 9º ano em que dou aulas e nunca consegui estabilidade, nem sequer estar perto de casa. E eu acabei o curso com boa média e numa boa universidade.

Começo a pensar seriamente em mudar de profissão...

 

 

Pronto, prometo que esta é a última vez que falo neste assunto, porque eu sei que isto é aborrecido para quem lê e, sobretudo, para quem não sabe realmente o que se passa com a nossa educação.

Estou desiludida. Preciso mesmo de um novo projecto de vida.

Sprechen Zie Deutsch?

02
Fev09

No meio disto tudo e para alegrar a minha quase insípida existência, aí vem mais uma viagenzita. Pois é, vou passear para a terra das salsichas.

No fim-de-semana de 21 e 22 de Fevereiro, vou ter com o maridão à Alemanha. Ele vai estar por lá a fazer um curso não sei do quê e, como não podia deixar de ser, vou fazer-lhe uma visitinha.

É muito dinheiro por pouco tempo (só 2 diazitos), mas vale sempre a pena! É por estas e por outras assim que eu nunca vou ser rica!

 

p

(Im)Paciência

02
Fev09

Eu nunca tinha pensado nisto muito bem, até, porque nunca tinha tido este projecto de ser mãe bem definido. Como já disse, em nenhuma das duas vezes em que engravidei se tratou de algo planeado. Aconteceu. E, se querem que vos diga, assim é que era bom.

 

Isto de se querer engravidar é coisa para gente com muita paciência.

Primeiro, decidimo-nos.

No meu caso, há que esperar 3 meses pós-aborto para tentar de novo.

Depois, ainda apanhei uma infecção e tive que estar mais um mês à espera.

Agora, já temos carta branca e toca a avançar.

Mesmo assim, há que ter paciência. Esperar pelo período fértil, agora esperar por faltar o período... É só esperar.

E ,se pensar que uma boa parte dos casais não engravida à primeira e que isso não é nenhum drama, há que esperar mais um mês, e depois mais outro...

 

Logo eu, que quero sempre tudo para ontem.

Haja paciência!!!!

E o pior é não posso mesmo fazer mais nada, a não ser esperar.

 

Miminho

01
Fev09

Estou muito contente. 

Recebi este miminho  da Isa, a quem agradeço muito, sobretudo, porque é o primeiro destas minhas andanças na blogosfera.

O miminho trazia um desafio, só que terminava ontem e eu já não vi a tempo.

 

 

 

 

Olha que blog Maneiro!

Pág. 2/2