Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Towards Home

A casa-família que se vai construindo.

Towards Home

A casa-família que se vai construindo.

21 semanas - O que sinto quando a sinto

08
Jun09

Às 21 semanas, continuamos bem e calmas.

Eu continuo sem passar dos 3 kg - era bom que conseguisse manter-me assim até à próxima consulta.

A Madalena sente-se cada vez mais e de maneira mais forte e os pais passam o tempo todo a tentar senti-la. Já se nota que cresceu e que tem mais força.

Tenho saudades dela! Isto de só se ver a bebé uma vez por mês não está com nada. No caso da próxima consulta, vai ser com 5 semanas da anterior. Vamos dia 17 de Junho fazer a eco morfológica.  Continuo a dizer: se eu pudesse, tinha um ecógrafo em casa.

 

Queria conseguir descrever o que sinto quando a sinto na minha barriga. Talvez para ela, mais tarde, se quiser, ter noção. Mas acho que não consigo. Eu não senti as borboletas na barriga, nem formigas, nem nada disso. No início, espero que ela me perdoe, confundia os movimentos dela com os dos intestinos. A sensação de haver movimento na minha barriga que eu não conhecia e muito menos controlava era estranha.  O que se "estranhava" passou a ""entranhar-se" e, neste momento, adoro sentir a vivacidade dela e espero que ela treine muito bem todos os movimentos.  Agora, está tudo mais perceptível. Sei que é ela a mexer-se e ela reage ao toque e penso que também ao som da minha voz. Em princípio, é sinal de que tudo está a desenvolver bem. O pai também tem "conversado com ela" e penso que, para já, se estão a entender bem.

Oiço menos vezes o coração dela, porque, como a sinto, estou mais confiante. Mas antes de nos deitarmos, ouvimos sempre meio minuto, só porque é o som mais bonito do mundo. O som que eu nunca mais vou deixar de ouvir.

Já decidi vários produtos de puericultura a comprar - o carrinho e acessórios, a cadeira para comer (que é ao mesmo tempo espreguiçadeira), o berço e a banheira. As compras vão começar esta semana para aproveitar uma promoção. Para mim, ainda acho um bocadinho cedo. Eu sou daquelas que prefiro que a gravidez avance mais para comprar as coisas. Mas a parte monetária conta muito e é preciso aproveitar.

Entretanto, ela já recebeu mais roupinha, o que vai ajudando sempre. Gostava era que as pessoas comprassem com mais bom senso, porque há muitas peças que eu acho que não lhe vou conseguir vestir, porque estão a comprar roupa agora (de Primavera) e ela vai nascer em Outubro. Esperemos que seja um Outubro quente.

A outra novidade é que, em princípio, um dos priminhos vai ser um rapaz. A minha cunhada fez a eco das 11 semanas e está tudo bem com os gémeos - 1 parece ser rapaz e o outro não deixou ver.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.