Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Towards Home

A casa-família que se vai construindo.

Towards Home

A casa-família que se vai construindo.

Perda

08
Fev11

Quem tem animais sabe do que eu estou a falar - perdi um dos meus melhores amigos.

O Gijo saiu de casa no sábado de manhã para ir dar o seu passeio do costume e não voltou. Já procurámos, já abrimos as portas milhares de vezes com a esperança que ele esteja do outro lado, mas não está.

O Gijo foi embora.

Esteve connosco durante 7 anos e qualquer coisa. Viu-nos montar uma casa. Ajudou a destruí-la: arranhou os sofás, as cadeiras, as cortinas...

Correu e saltou por todo o lado.

Mudou de casa connosco, aprendeu a sair, a ter liberdade e a gozar um bom passeio.

Chegou a morar comigo em Lisboa, quando o N. não estava cá. Fez-me companhia, quando não havia mais ninguém.

Esteve tanto tempo de repouso quanto eu, na minha gravidez de risco.

Viu chegar a Madalena, deu-lhe o espaço dela e brincou com ela. Foi o primeiro ser que ela reconheceu pelo nome.

Lutaram pelos mesmos lugares e chatearam-se algumas vezes. Mas andavam sempre um atrás do outro.

 

O Gijo deixou um vazio muito, muito grande!

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.