Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Towards Home

A casa-família que se vai construindo.

Towards Home

A casa-família que se vai construindo.

Vou ser tia

06
Mai09

Hoje, estou muito, muito, muito contente.

O meu irmão passou por aqui à tarde para me dar a novidade de que a minha cunhada está grávida e de gémeos!

Acho que já tinha contado aqui que eles já andam há cerca de 2 anos a tentar. Finalmente conseguiram.

A família vai crescer assim de um momento para o outro e triplamente.

Os primos vão ficar com muito pouco tempo de diferença e nós podemos partihar as nossas experiências de grávidas.

Tudo de bom!!

Havia de haver muitos mais dias assim!

Páscoa

15
Abr09

A Páscoa passou-se cá em casa, este ano. Os meus sogros vieram cá, almoçámos e não houve mais nada de especial.

Para mim, foi um bocadito esquisito. Estou habituada a duas páscoas: uma no domingo, em Trás-os-Montes, na casa dos meus tios, irmãos dos meus pais, e outra na segunda, em casa dos meus sogros.

Este ano, foi um bocado sem-sabor.

A única coisa que eu vi de bom, nesta minha baixa, foi o facto de não ter de deixar a minha casa mais uma vez. Soube bem a sensação de poder ficar sempre na minha cama, no meio das minhas coisas e com o meu marido.

Se bem que, no fundo no fundo, já me apetecia voltar à escola. Pelo menos, voltar à actividade, porque esta mesmice está a dar cabo de mim.

 

Tudo na mesma

31
Mar09

Ontem, terminei as 11 semanas de gravidez. Foi sem dúvida a semana mais difícil de todas.

Pois é, continuo cá por casa, entre a cama, o sofá e a casa-de-banho.

A minha mãe e a minha avó abancaram cá em casa para tratar de mim. O marido também trabalha fora e dentro de casa. Ando cheia de mimos de todos os lados.  Só eu não faço mesmo nada. Esta inércia não me dá vontade de fazer mesmo nadinha, nem ler, nem ver TV, nada.

Passo o dia a pedir para que a minha miniatuta esteja viva e a desenvolver-se. Amanhã, tenho consulta para ver como está tudo. Não sei se vou preparada para as duas hipóteses, nem sei se me consigo preparar.

As perdas de sangue continuam, mas são bastante leves, só aparecem no papel higiénico, quando me limpo. Mas o que eu queria mesmo era que desaparecessem de vez e que este esforço todo não seja em vão.

 

Novidades, novidades... Só no continente

14
Mar09

Esta semana também não se passou nada de muito diferente. Notei, pela primeira vez, que a barriga aumentou. As calças já me começam a ficar um bocadito apertadas. Até achei piada. O pior foi quando cheguei a casa, ontem, e me pesei - tenho mais 1 kg e, diga-se de passagem, eu já não sou nada magra. Ainda fiz várias pesagens numa tentativa de provar que a balança estava errada, que eu estava inchada, etc., etc.... Mas, no fim, lá estava o quilito a mais.

Descobri uma técnica que na balança aqui de casa funciona - era bom que também fosse assim na da obstetra: se levantar os dedos dos pés, o peso diminui... Assim, sempre podemos enganar alguém (até a nós próprias).

 

Continuo cheia de sono, mesmo muito, o que não tem sido nada bom para o trabalho. Estou a deixar muita papelada em atraso, numa época de final de período, que só por si já é crítica. Castigo: tenho de passar o fim-de-semana a trabalhar. Ainda por cima começaram os novos concursos de professores, cheios de regras novas para ler, antes de fazer asneira.

 

De resto, tenho saudades da minha miniatura. Queria vê-la de novo, saber se está tudo bem. Já pensei em arranjar uma desculpa qualquer para ir a uma urgência vê-la, mas pensei melhor e desisti da ideia.

Só me aguarda esperar até dia 1 de Abril, dia da nova consulta na GO.

 

Se nessa ecografia estiver tudo normal, vou contar a novidade à família. Já me apetecia fazê-lo, mas queria ter a certeza de que é desta. Não me apetece ver caras tristes, sem saber o que me dizer se alguma coisa correr mal.

Mas não me interpretem mal, eu estou confiante e acho que é desta, até porque nunca consegui com que uma gravidez aguentasse tanto tempo. Só que gato escaldado...

Semana 8

09
Mar09

Tenho andado mesmo sem tempo para passar por aqui.

Está a chegar novamente aquela fase em que o trabalho aperta tanto que o tempo não dá para mais nada. E olhem que eu ligo o PC todos os dias.

Também não tenho muito mais novidades.

A semana correu sem grandes incidentes. Continuo com alguma má disposição, sobretudo de manhã, mas sem enjoos propriamente ditos. A barriga parece um pouco mais empinadita, mas ainda não aumentou. A roupa serve-me toda, à excepção dos sutiãs. Estou cada vez mais dorminhoca. Acho que era capaz de dormir umas 20 horas por dia. O maridão te sido um querido e faz tudo aquilo que eu já não me apetece fazer, enquanto eu vou fazer as minhas sestas de fim-de-semana.

Acho que descobri um desejo: peras. Pois é. Antes, não lhes achava grande piada e agora está sempre a apetecer-me comê-las. Enjoei fiambre e afins.

Só torno a ter consulta dia 1 de Abril. Até lá, espero que tudo corra bem.

A minha mãe, a minha avó, o meu irmão e cunhada estiveram cá ontem. Eu ainda não disse nada a ninguém e decidi dizer só na Páscoa, quando fizer as 12 semanas. Também ninguém me disse que eu estava diferente... Por um lado, fiquei contente. Por outro, queria que já se notasse qualquer coisa. Paciência. Há que esperar mais uns tempos.