Lilypie Second Birthday tickers>
Segunda-feira, 6 de Abril de 2009

12 semanas

Hoje, a minha miniatura faz 12 semanas e, apesar de todas as contrariedades, continua por  cá. Estou contente por ter atingido esta etapa, mas preferia que estivesse tudo mesmo bem.

As minhas costas já me doem tanto que eu não imagino como estarão se eu tiver de ficar de repouso até aos 9 meses...

Mas hoje estou mais confiante. Vou ouvindo histórias semelhantes que tiveram fins felizes e vai-me fazendo bem.

Só queria mesmo, mesmo poder pensar nas roupinhas, no quarto, nos carrinhos e ovos e alcofas e todos os demais acessórios, necessários ou impingidos, que todos os pré-pais compram. Para já, tenho tentado conter-me para evitar sofrimentos grandes. Mas, no fundo, no fundo, estou confiante. Acho que vai ser desta.

Amanhã, vou às urgências ter com a minha médica para me passar o atestado que tenho de enviar para a escola. Acham que vou ter a sorte de ela me fazer uma ecografia?

É que eu continuo com corrimento e, por vezes, passam-me ideias malucas pela cabeça.

publicado por trintona às 17:52
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 1 de Abril de 2009

Paciência

Se há coisa que eu tenho aprendido com esta gravidez, é que temos mesmo que ter paciência e saber esperar da forma mais saudável possível.

Logo, às 19h, tenho consulta e vou ver a minha miniatura.

O que eu mais quero saber agora é se o coração ainda bate.

publicado por trintona às 14:53
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Terça-feira, 31 de Março de 2009

Tudo na mesma

Ontem, terminei as 11 semanas de gravidez. Foi sem dúvida a semana mais difícil de todas.

Pois é, continuo cá por casa, entre a cama, o sofá e a casa-de-banho.

A minha mãe e a minha avó abancaram cá em casa para tratar de mim. O marido também trabalha fora e dentro de casa. Ando cheia de mimos de todos os lados.  Só eu não faço mesmo nada. Esta inércia não me dá vontade de fazer mesmo nadinha, nem ler, nem ver TV, nada.

Passo o dia a pedir para que a minha miniatuta esteja viva e a desenvolver-se. Amanhã, tenho consulta para ver como está tudo. Não sei se vou preparada para as duas hipóteses, nem sei se me consigo preparar.

As perdas de sangue continuam, mas são bastante leves, só aparecem no papel higiénico, quando me limpo. Mas o que eu queria mesmo era que desaparecessem de vez e que este esforço todo não seja em vão.

 

sinto-me:
publicado por trintona às 10:10
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Sábado, 28 de Março de 2009

Descolamento da Placenta

Por estes lados, as coisas não andam nada bem.

Na quinta à noite, tive uma hemorragia bastante intensa e repentina. Fui rapidamente para as urgências já a contar com um novo aborto. Afinal, o bebé estava bem, a mexer e com um coração a bater forte. O que eu tive foi um descolamento da placenta.

Fiquei internada 1 dia. O descolamento é grande e não há muito que eu possa fazer a não ser repouso absoluto.

O médico que me deu alta não me deu muitas esperanças. Por isso, estamos aqui em estado latente, com muito medo e sempre a pedir que as coisas corram pelo melhor.

Mas já me vou preparando para o pior.

sinto-me:
tags:
publicado por trintona às 11:55
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
Quinta-feira, 26 de Março de 2009

De repouso às 10 semanas

Pois é,

 

Estou na cama a apanhar uma grande seca.

Na terça-feira à noite, quando fui à casa-de-banho, apareceu-me corrimento. Entrei logo em paranoia. Das duas vezes que abortei começou assim. Fui logo às urgências. A médica, que me viu lavada em lágrimas, descansou-me bastante, fez-me uma ecografia e disse que o meu bebé estava bem, aos pulinhos e continua grande. O ecógrafo atribui-lhe mais 1 semana do que realmente tem. O coração batia bem e o bebé é lindo!

O corrimento deve vir de uma pequena ferida no colo do útero e não de dentro, o que é bom.

Contudo, tendo em conta o meu historial, disse-me para ficar de repouso e falar com a médica de família para me passar atestado. Assim fiz e agora estou de molho até segunda-feira, altura em que volto à escola para as reuniões de avaliação.

Ontem, estive mesmo a dormir a tarde toda. Estava mesmo cansada... À noite, consegui enviar as notas às directoras de turma por mail e enviar informações para umas reuniões com Encarregados de Educação que eu ia ter hoje e que tive de pedir a outras pessoas para os receberem. Em termos de escola, este atestado vem na pior altura possível. Há mesmo muita coisa para fazer. O que vale é que a internet vai ajudando e assim posso fazer muita coisa à distância. O pior são mesmo as aulas a que estou a faltar que vão ter de ser todas repostas, nem sei quando. Por este andar, em Agosto ainda vou estar a dar aulas. De qualquer maneira, na segunda-feira, é a reunião de avaliação da minha direcção de turma e convém mesmo que eu vá. Por isso, bebé, faz o favor de deixar a mãe ficar bem e voltar à vidinha normal.

 

Sabem, eu tinha decidido, há uns tempos, que se, desta vez, tornasse a aparecer corrimento, eu deixava de tomar a progesterona, porque era sinal que o corpo queria expulsar um embrião que não estava bem e era melhor deixar a natureza seguir o seu rumo. Mas agora não tenho coragem... O embrião já é o meu bebé, a minha miniatura gigante, que tem coração e que salta muito na minha barriga.

 

Por isso, prefiro aguentar a gravidez ao máximo e esperar que a ecografia das 12 semanas diga que está tudo bem e o meu corpo é que é mau a produzir hormonas. Entretanto, o corrimento está mesmo a querer desaparecer. Esperemos que vá embora de vez.

 

Como diz uma colega minha, estar grávida é óptimo, mas tem mesmo muito que se lhe diga...

sinto-me:
publicado por trintona às 11:39
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 14 de Março de 2009

Novidades, novidades... Só no continente

Esta semana também não se passou nada de muito diferente. Notei, pela primeira vez, que a barriga aumentou. As calças já me começam a ficar um bocadito apertadas. Até achei piada. O pior foi quando cheguei a casa, ontem, e me pesei - tenho mais 1 kg e, diga-se de passagem, eu já não sou nada magra. Ainda fiz várias pesagens numa tentativa de provar que a balança estava errada, que eu estava inchada, etc., etc.... Mas, no fim, lá estava o quilito a mais.

Descobri uma técnica que na balança aqui de casa funciona - era bom que também fosse assim na da obstetra: se levantar os dedos dos pés, o peso diminui... Assim, sempre podemos enganar alguém (até a nós próprias).

 

Continuo cheia de sono, mesmo muito, o que não tem sido nada bom para o trabalho. Estou a deixar muita papelada em atraso, numa época de final de período, que só por si já é crítica. Castigo: tenho de passar o fim-de-semana a trabalhar. Ainda por cima começaram os novos concursos de professores, cheios de regras novas para ler, antes de fazer asneira.

 

De resto, tenho saudades da minha miniatura. Queria vê-la de novo, saber se está tudo bem. Já pensei em arranjar uma desculpa qualquer para ir a uma urgência vê-la, mas pensei melhor e desisti da ideia.

Só me aguarda esperar até dia 1 de Abril, dia da nova consulta na GO.

 

Se nessa ecografia estiver tudo normal, vou contar a novidade à família. Já me apetecia fazê-lo, mas queria ter a certeza de que é desta. Não me apetece ver caras tristes, sem saber o que me dizer se alguma coisa correr mal.

Mas não me interpretem mal, eu estou confiante e acho que é desta, até porque nunca consegui com que uma gravidez aguentasse tanto tempo. Só que gato escaldado...

sinto-me:
publicado por trintona às 23:21
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 28 de Fevereiro de 2009

Não há bela sem senão

Conforme tinha dito, fui à primeira consulta na quarta-feira.

A parte boa foi que a minha miniatura já tem coração e já bate. Fiquei muito, muito contente. Estava cheia de medo de chegar  lá e não se ver nada, ou o coração não bater. Foi muito bom saber que há vida dentro de mim.

Agora, a parte má: tenho também um mioma (uma formação benigna) no útero. Senti o chão a fugir-me debaixo dos pés. Há cerca de 2 meses, tinha feito ecografia e estava tudo bem. Não havia nada. Agora, há que ter esperança para ver se corre tudo bem.

Na mesma quarta também tive um corrimento mais escuro e, ontem, perdi um pouco de sangue. Como já tenho alguma experiência no assunto, decidi não ir às urgências. Fico em repouso, durante o fim-de-semana e, se tornar a aparcer sangue, vou à maternidade. Se bem que eu sei que não há muito que se possa fazer nestes casos.

Para já, não voltou a aparecer mais nada, mas o meu coração está apertadinho...

publicado por trintona às 12:33
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 18 de Fevereiro de 2009

Obsessão e/ou Loucura?

Sou uma grávida obcecada.

Não consigo não saber, não procurar toda a informação que está mesmo à nossa frente. No geral, acho que ter conhecimento é positivo. Só que, às vezes, atormenta-me. Penso em tudo e mais alguma coisa.

Ter sabido da gravidez cedo demais também complica. Parece que o tempo não passa. Nunca mais chega a próxima semana para ir à consulta. Depois, nunca mais chegam as 12 semanas para ultrapassar o terror que tenho desta primeira etapa.

Isto não deve ser muito racional, mas a verdade é que eu sei com quantos dias de gravidez abortei da última vez e, agora, estou a contar os dias para ver se passo esse.

Analiso com todo o pormenor todos os sintomas que tenho. Depois, já não sei se os tive mesmo ou se foi psicológico.

Se desaparecem, acho que algo pode estar a correr mal... Acho que preferia andar aqui a cair para o lado e a vomitar em todos os cantos...

Estou louca, eu sei!

O que vale é que o trabalho é bastante e vai-me dando pouco tempo para pensar nisto. Se não, eu tinha que ser internada num manicómio!

Estar sozinha em casa também não ajuda muito, é verdade.

 

Já agora, posso tirar umas dúvidas com vocês:

  • Quando é que se ouve o coração do bebé? Às 6 semanas desde o 1º dia da última menstruação, ou às 6 semanas desde a concepção?
  • Os meus sintomas não são muito fortes:
    • ando um pouco mais cansada e com sono, mas nada de exagerado;
    • o peito está maior, mas estabilizou;
    • a má disposição é mais de manhã e não dá vómitos - parece só que fiz mal a digestão e às vezes acaba em azia;
    • os intestinos andam doidos e produzem mais gases (este não é psicológico);
    • acho que tenho mais fome.

Isto tudo é normal às 5 semanas (desde a última menstruação)? Já devia ter mais sintomas? Sou eu que os ando a inventar?

  • tive umas dores no fundo da barriga. Aliás já era mesmo na parte de cima da vagina, que pareciam musculares. Acham que é normal?

Digam-me o que vocês pensam e, por favor, não se riam de mim....

 

tags: ,
publicado por trintona às 22:05
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

.Eu

.Email

trintona78@sapo.pt

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. 12 semanas

. Paciência

. Tudo na mesma

. Descolamento da Placenta

. De repouso às 10 semanas

. Novidades, novidades... S...

. Não há bela sem senão

. Obsessão e/ou Loucura?

.links

.investigar a fundo neste blog

 

.arquivos

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

.tags

. todas as tags

.A Tempo Inteiro

Meez 3D avatar avatars games

visited 12 states (5.33%)
Create your own visited map of The World or Best time to visit Eze